Últimas Notícias
Capa » 2017 » setembro » 07

Arquivo Diário: 7 de setembro de 2017

GIRA D’AGUA – 16/09/2017

Encontramos na linha de Yemanjá, ou povo d’água, espíritos altamente evoluídos, de vibrações sutís, mas que se apresentam com a roupagem fluídica de caboclas, dentro da vibração do Orixá Yemanjá. Nesta grande e poderosa Linha de trabalho, militam espíritos altamente benevolentes (Madres, Freiras, etc…), envoltos na grande força mantenedora que é o AMOR. Buscam a elevação vibratória do ambiente, como também das pessoas através dos cantos por elas emitidos como em seus passes magnéticos, atuando diretamente no chacra cardíaco de todos, transformando energias e pensamentos densos em energias sutis.
Trabalham diretamente com o elemento água, símbolo da vida. Na Umbanda são chamadas de “Mamãe sinda” que significa Mãe zelosa, que cuida, ampara os filhos.
O coração símbolo universal do AMOR, representa esta linha. Geralmente em suas incorporações rodopiam seus médiuns, e ou fazem gestos circulares com as mãos criando assim um espiral de energia, sugando as densidades energéticas do ambiente. É comum usarem copos com água e flores, que magnetizados se transformam em ferramentas de trabalho.
Falam somente o necessário, não dão consultas,trabalham emitindo um canto, que na verdade é a sonorização de um poderoso mantra aquático, diluidor de energias, vibrações e formas-pensamentos que se acumulam dentro dos centros ou nos campos vibratórios dos médiuns e dos assistentes.
É uma linha poderosa, mas pouco solicitada para os trabalhos.
São ótimas para anular magias negativas, afastar obsessores e espíritos desequilibrados ou vingativos.
Também são poderosas se solicitadas para limpeza de lares e para harmonização de casais ou famílias.